Primeira semana no novo trabalho? Saiba como se comportar


novo-emprego-350

 

 

Dizem que a primeira impressão é a que fica. Então, ao chegar o novo emprego, a dica dos especialistas é observar. Veja como falam, agem e se portam os seus colegas naquele ambiente. Quer saber mais? Oito dicas aqui para você:

 

Por Carolina Mouta | Yahoo! Contributor Network – ter, 7 de mai de 2013 15:07 BRT

Você estava há tempos atrás de um trabalho. Viu uma boa oportunidade de emprego, enviou o currículo, passou pela entrevista, pela dinâmica de grupo e, bingo: a vaga é sua. Mas não pense que tudo vai ser moleza daqui em diante. Para que você se dê bem no ambiente de trabalho há algumas regrinhas a serem seguidas desde o primeiro dia.


Cada empresa tem seu código de ética: umas são mais formais, outras informais. No entanto, na primeira semana é importante se ambientar e ir descobrindo até onde você pode ir. Certos comportamentos devem ser evitados e outros, seguidos à risca. Por isso, o melhor é se conter e observar. Afinal, ninguém quer se queimar logo nos primeiros dias, não é?

Para ajudar a começar no novo trabalho com o pé direito, o diretor executivo da Innovia Training Consulting, Ricardo Barbosa e a psicanalista clínica e Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching, Alessandra Cejkinski, prepararam oito dicas. Veja:

Pontualidade é ponto-chave

Organize-se quanto ao horário e suas tarefas antes de ir ao trabalho. Assim você não se atrasa. A falta de pontualidade é algo bastante notado nas empresas e pode prejudicar o novo funcionário. “Isso é útil para você conseguir cumprir com os prazos estabelecidos”, observa Ricardo. E Alessandra completa: “Demonstra que a pessoa sabe trabalhar com a demanda e priorizar os compromissos”.

Discrição conta bastante

Observe também o seu figurino: nada de roupas extravagantes, amassadas, com decotes ou cores fortes. “Vestimenta mal cuidada dá impressão de desleixo e falta de adequação. Mesmo que o funcionário não seja de nível executivo, ele pode, sim, se vestir bem. Basta olhar ao redor e perceber o que o ambiente pede”, sugere Alessandra.

Seja organizado

Ninguém gosta de gente espaçosa. Então, saiba quais são os seus limites. “Ocupe somente o seu lugar com o seu trabalho não deixando papéis ou outros materiais espalhados por tudo quanto é canto”, alerta Ricardo. E, não custa lembrar: lugar de lixo é no lixo! Outro ponto que merece atenção é a agenda. Tenha uma, anote o que for preciso e fique atento à demanda! “Às vezes o funcionário fica tão nervoso porque é a primeira semana que quer saber de tudo da empresa em um dia! Ele tem que ficar tranquilo e saber que essa é uma semana de adaptação. Não tenha vergonha de perguntar e nem ache que tem obrigação de saber tudo”, orienta Alessandra.

Cuidado com o telefone

Fixo ou celular, evite. Se for imprescindível fazer ou receber a ligação, fale baixo. “O celular deve ser usado sem excessos no ambiente de trabalho. Se puder evitar ligações sobre assuntos pessoais, melhor ainda. Caso seja importante, retire-se e vá a algum lugar onde outros não vão te ouvir”, diz Ricardo. Alessandra dá outro conselho: “Nunca deixar o volume do toque alto o suficiente para desviar a atenção das pessoas ao redor”. Musiquinhas estridentes devem ser descartadas. A especialista ainda completa: “Todo mundo sabe que emergências acontecem, que a gente precisa fazer ou receber ligação durante o dia, mas, tudo tem que ser feito com bom senso”.

Seja simpático, educado e cordial

Palavrinhas mágicas que a gente aprende na infância são bem apreciadas e ajudam a quebrar o gelo. Então, faça uso delas: bom dia, por favor, com licença, obrigado e bom fim de semana devem fazer parte do seu vocabulário, independente do cargo que ocupe. “Toda vez que entrar em um lugar peça licença, cumprimente as pessoas, aguarde um convite para se sentar e estenda a mão se o outro estender primeiro”, pontua Ricardo. Segundo ele, ajudar as pessoas, saber ouvir e falar no momento exato são excelentes para causar uma boa impressão, por isso, seja assim sempre, desde o primeiro contato. Evite a arrogância sempre.

Fique alerta à postura

Ricardo orienta que seja utilizado o “olho no olho” ao falar com alguém. Isso ajuda a estabelecer um diálogo direto. Outra dica é não ficar de braços cruzados e ter atenção ao se sentar. “Não se jogue na cadeira e nem fique na beirada dela”, aconselha o especialista. Evite, ainda, ficar tocando na outra pessoa. Ninguém é ‘touchscreen’! E mais: observe se cabem piadas ou brincadeiras no ambiente de trabalho ou se você deve deixá-las para a hora do almoço. Não estrapole a dose! A pessoa que mantém a serenidade e a segurança durante o expediente, sempre sendo uma pessoa leve, é bem vista, segundo Alessandra. “Essa pessoa pode, sim, ter momentos de descontração, que não ultrapassam os limites dos intervalos”, ressalta a especialista.

Direcione bem a conversa

Evite expor a sua vida nesse primeiro momento. Pode ser que da convivência você possa criar bons amigos, mas na primeira semana, segure a língua. O bate papo também não deve fluir se for sobre alguém que não está na rodinha. “Fofocas sempre são mal-vistas no trabalho”, alerta Ricardo. Muita atenção também à altura da sua voz e ao tom das brincadeiras.

Nada de impor ideias

O novo é sempre bem vindo, mas tudo tem sua hora e jeito certo para ser feito. “É importante para quem está chegando saber se colocar de forma que não pareça agressiva. É inevitável que ideias novas cheguem em um ambiente que pode estar desmotivado, mas, é necessário saber como se colocar”, finaliza Alessandra.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s