Guia para o sucesso: Como planejar e organizar eventos by Claudia Dias Capítulo 2 Tipos de Eventos


Mais um capítulo da série Guia para o sucesso: Como planejar e organizar eventos by Claudia Dias

sheraton_montevideo_eventos

 

Tipos de Eventos

 

  • Congresso

Reunião formal e periódica de profissionais que atuam numa mesma área, promovida por entidades associativas. É uma forma de intercâmbio setorial e de divulgação técnico-científica, acelerando o desenvolvimento da categoria profissional.

As sessões de trabalho dos congressos são divididas em várias atividades: mesa-redonda, reuniões, debates, painel. Os temas podem ser oficiais ou livres.

É eleita uma comissão organizadora responsável pelo planejamento, pelo regulamento e regimento e pelo controle financeiro do evento.

Exemplo

2º Congresso de Panificação e Confeitaria do Estado do Rio de Janeiro; 5º Congresso Brasileiro de Engenharia Ambiental, entre outros.

Objetivo

Estudar, debater e extrair conclusões de temas específicos de determinada área de atuação.

Tempo de Duração

Até cinco dias

  • Jornada

É uma reunião periódica, de âmbito regional, com participação de determinado grupo de profissionais para discutir assuntos do grupo. É promovida por entidades de classe. As conclusões podem servir de diretrizes para a classe ou mesmo servir de objeto de discussão em congressos.  Pode-se dizer que é um congresso em miniatura.

Exemplo

Jornada Sudeste de Qualidade de Vida no Rio de Janeiro

Tempo de Duração

Vários dias

  • Fórum

Reunião baseada na busca da participação intensa da plateia, preferencialmente numerosa. A ideia é sensibilizar a opinião pública sobre determinados problemas sociais. Um coordenador levanta o tema de interesse geral e busca a opinião da coletividade. Ocorre debate livre até que conclusões possam ser tomadas.

Exemplo

Fórum Rio Criativo, Fórum IEL de Gestão Empresarial, entre outros.

  •  
  • Simpósio

É uma derivação da mesa redonda. Conduzido por um coordenador, que orienta a discussão de alto nível, com o objetivo de não se desviar do tema geral, de grande interesse. É dividido em subtemas apresentados por especialistas que apresentam seus pontos de vista em relação ao assunto em pauta. Pode haver participação da plateia com perguntas orais ou escritas.

Exemplo

V Simpósio Latino-Americano de Cevada, Malte e Malteação

Tempo de Duração

1 a 3 dias

Observação

O Simpósio difere em duas características da Mesa-Redonda: os expositores são especialistas de renome e não debatem entre si. É mais eclético que o Congresso, pois permite a participação de pessoas de diferentes segmentos.

  •  
  • Seminário

Evento em que dois ou mais expositores apresentam vários aspectos de um determinado assunto. Por ser um dos tipos de evento preferidos pela área técnica, o público tende a ser mais exigente. Tem como ideia central fornecer informações, motivo pelo qual os temas devem ser escolhidos com cuidado. Pode ser apresentado na forma de palestras, painel, mesa redonda, etc. a dinâmica da sessão divide-se em três momentos: exposição, discussão e conclusão.

Exemplo

Seminário Panificação em Ação: O objetivo do seminário é identificar os desafios dos empresários da panificação e ajudar na busca de soluções para os problemas apresentados, promovendo o desenvolvimento do setor; Seminário Balanço do Setor Naval e Offshore no Estado do Rio de Janeiro, Seminário sobre Nota Fiscal Eletrônica, entre outros.

Tempo de Duração

1 dia

  • Convenção

Realizada por entidades empresariais ou empreendimentos individuais, consiste em reunir profissionais ou partidários de determinada organização ou congregar todos os seus integrantes.

Exemplo

Convenções de vendas, com reunião de elementos do setor (vendedores, revendedores, distribuidores, representantes, etc.), para o lançamento de um novo produto, apresentação de um novo plano de expansão de mercado, ou ainda convenções de congraçamento, comemorativas (fundação da empresa, festa de final de ano, etc.) e políticas.

Guia para o sucesso: Como planejar e organizar eventos by Claudia Dias Capítulo 1


Olá pessoal,

Esta semana vamos começar um série de artigos sobre organização de eventos, gentilmente elaborados por nossa colaboradora Claudia Dias.

Espero que gostem. Um abraço

eventos

Como Planejar e Organizar Eventos

 Introdução

Todo evento é um acontecimento que exige determinada organização, de acordo com a ocasião. Esta organização segue regras conhecidas como etiqueta.

 

Mas o que seria etiqueta?

 

A palavra etiqueta vem do francês etiquette, que passou a ser usada nas festas realizadas no palácio real francês. Quando chegavam, os nobres recebiam uma espécie de manual de boas maneiras que indicava onde cada um deveria se sentar à mesa e como se portar durante as recepções.

Estas regras para um cerimonial faziam parte de um código estabelecido, no século XIII, pelo rei Felipe, o Belo, por causa dos maus hábitos e falta de educação, que eram constantes entre os nobres. Nesta época, aperfeiçoaram as regras, acrescentaram novas formalidades e foi criado o cartão de visitas.

São tantas regras e normas para a organização de um evento, que precisam fazer parte de um manual. Por isso, o nosso objetivo é com este guia de eventos auxiliar, passo a passo, na organização de um evento, desde o planejamento ao pós-evento.

O que é Evento?

 

Eventos são acontecimentos previamente planejados, organizados e coordenados a fim de contemplar o maior número de pessoas em um mesmo espaço físico e temporal, com informações, medidas e projetos sobre uma ideia, ação ou produto, apresentando os diagnósticos de resultados e os meios mais eficazes para se atingir determinado objetivo. (Martins, 2003.)

Você Conhece os Tipos de Eventos?

Primeiramente, vamos conhecer os eventos empresariais: Brainstorming, Conferência, Congresso, Convenção, Debate, Fórum, Jornada, Mesa Redonda, Oficina, Painel, Palestra, Seminário, Simpósio e Workshop.

Brainstorming

 Grupo de Pessoas orientadas que se unem para emitir ideias sobre uma questão, sem juízo de valor, que vão sendo intercambiadas e aperfeiçoadas.

 Há duas fases neste evento: a criação e o julgamento

 Exemplo

Desenvolvimento de um novo produto, como melhorar a venda de um produto, redução de gastos, entre outros.

 Objetivo

Encontrar soluções para um problema, estimulando a produção livre de ideias, estimular o trabalho em equipe e aumentar o nível de envolvimento dos colaboradores na empresa.